Setor sucroalcooleiro dá início a safra 2012/2013

Neste período, a Asplan, através de seu médico do trabalho, está auxiliando os produtores na admissão de pessoal que vai atuar na safra

Três das oito usinas sucroalcooleiras existentes no estado da Paraíba deram início ao processo de moagem de cana-de-açúcar correspondente à safra 2012/2013. A primeira unidade, a Agroval, começou sua moagem no dia 06 de agosto, a Giasa, no último dia 07 e Japungu na última segunda-feira (13). A São João começou a moer nesta quarta-feira (15), a Monte Alegre tem previsão de começar no dia 20, assim como a Miriri no dia 21 de agosto, a Destilaria Tabu no dia 28 deste mês e a Pemel tem previsão de iniciar a safra no dia 10 de setembro. É Também  neste momento que várias fazendas canavieiras no estado estão admitindo novos funcionários, tendo em vista a grande necessidade de profissionais do campo no período de safra – que vai de agosto deste ano até fevereiro de 2013 – para o corte da cana e outras operações que envolvem o carregamento e o transporte da cana para a moagem nas usinas. 

Para auxiliar os produtores nesse processo de admissão de funcionários para o período da safra, a Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), disponibiliza, de forma totalmente gratuita, o serviço de exames admissionais realizados pelo Médico do Trabalho da entidade, Dr. Heleno Silva. Na  semana passada, o médico realizou atendimento nas fazendas Santa Terezinha e Mariana II.No dia 13, na Fazenda Gume, e no dia 14 Dr. Heleno atuou  na Fazenda Mangabeira. Nesta quarta-feira (15) o atendimento está sendo realizado na fazenda Gume, em Pedras de Fogo.

A gerente administrativa da Asplan, Kiony Vieira, recomenda que os produtores interessados em fazer suas admissões para o período procurem o serviço com antecedência. “O serviço é feito com agendamento prévio. Então, é bom se adiantar e procurar a Asplan, até porque o atendimento médico funciona pela manhã e de 2ª a 5ª feira”, disse Kiony, destacando que o atendimento do médico nas fazendas é feito das 8h às 12h.

Na Paraíba, cerca de 30 mil profissionais do campo são empregados pelo setor canavieiro na época de safra que tem início em agosto e se estende até meados de fevereiro do ano seguinte. O estado da Paraíba é o terceiro maior produtor de cana do Nordeste brasileiro, sendo o período da safra um dos mais esperados porque ele cria muitos novos postos de trabalho, além de movimentar a economia do estado. O serviço de exames médicos mantido pela Asplan, inclusive, funciona durante todo o ano e assiste o produtor paraibano além dos exames admissionais, com exames periódicos e os demissionais no final da safra.

Para o presidente da Asplan, Murilo Paraíso, o serviço é mais uma vantagem que o produtor de cana associado possui e que lhe garante segurança legal para qualquer situação trabalhista. “Aqui na Asplan o produtor encontra a ajuda e a orientação que ele precisa e este é mais um serviço bastante procurado na época porque é com ele que o produtor consegue admitir o trabalhador rural com toda a segurança e legalidade que ele precisa. Assim, fica satisfeito o produtor e o trabalhador”, afirmou o dirigente, destacando que por a Paraíba ser um dos maiores produtores da região nordestina, a demanda de trabalhadores também é grande.

News – Assessoria & Comunicação
Jornalista responsável: Eliane Sobral (DRT-PE 1993)
Repórteres:
Eliane Sobral (DRT-PE 1993)
Juliana Lichacovski (DRT-PB 2917)
Lusângela de Azevedo (DRT 4744/02-40)
Contato: (83) 3221-8829/ 3221-8830