Anúncio de corte de 90% do seguro rural deixa produtores paraibanos apreensivos

Segundo informações publicadas, na última sexta-feira (26), no site Canal Rural, o Ministério da Agricultura deverá cortar em 90% o recurso previsto para o seguro rural de 2017. Isto porque, dos R$ 400 milhões aprovados inicialmente no orçamento do Ministério, a pasta terá apenas R$ 44 milhões destinados para as subvenções dos agricultores do país. O corte irá trazer impactos diretos ao meio rural, por isso a notícia deixou os produtores de cana da Paraíba, que esperam o pagamento da subvenção referente a cana fornecida às usinas na safra 2012/2013, bastante apreensivos.

“Se sem essa redução no orçamento, o Governo Federal já vinha procrastinando, desde 2013, o pagamento da subvenção da cana, imagina agora com essa drástica redução orçamentária”, argumenta o presidente da Associação dos plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Murilo Paraíso.

A razão desta redução seria o contingenciamento feito pelo Governo Federal em março, onde o Ministério teve o orçamento reduzido em 45,6%, passando de R$ 2,2 bilhões para R$ 1,2 bilhão. O dinheiro usado para o seguro rural está dentro deste montante e não escapou do corte. A expectativa é que essa semana o governo se pronuncie oficialmente sobre o assunto.