Asplan e Agronil promovem palestra técnica sobre importância da matéria orgânica no desenvolvimento da cultura canavieira

asplan destaque

asplan destaqueEvento é gratuito e direcionado para os plantadores de cana-de-açúcar, mas é aberto ao público interessado

Para uma adubação correta, o produtor rural precisa  além de conhecer as deficiências do solo e corrigi-las adequadamente, levando em conta o diagnóstico da acidez. Também é necessário que ele selecione variedades que se adaptem melhor a região e se puder utilizar matéria orgânica para aumentar sua produtividade, melhor ainda. E é justamente para orientar os produtores canavieiros que a Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan) vai realizar, na próxima quarta-feira (18), a palestra técnica ‘A importância do uso da matéria orgânica e seus ganhos de produtividade no manejo da cana-de-açúcar’. O evento acontece no auditório da entidade, a partir das 9h30.

O professor Gilson Moura Filho, da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), será o palestrante do evento que, no final, terá uma mesa redonda mediada pelo professor Dr. Emídio Cantídio Almeida de Oliveira, do Departamento de Agronomia da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

Segundo o engenheiro agrônomo da Asplan e coordenador do Departamento Técnico (Detec) da entidade, a fertilidade do solo da região Nordeste é normalmente baixa e sempre têm algum tipo de deficiência para corrigir, sendo a deficiência de fósforo uma das mais frequentes em solos paraibanos. “Essa palestra vai abordar essa questão além de trazer para os produtores informações importantes de como ter uma maior produtividade utilizando a matéria orgânica Humitec”, afirma Vamberto.