Asplan realiza palestra motivacional sobre ‘Saúde Mental’ para colaboradores, associados e condôminos

Estima-se que 300 milhões de pessoas sofram de depressão no mundo, estatísticas apontam que mais de 800 mil pessoas se suicidam todos os anos e que uma em cada quatro pessoas está propensa a sofrer algum tipo de transtorno de ansiedade em algum momento da vida. Por isso, manter uma saúde mental em equilíbrio não é uma questão secundária quando se quer ter mais qualidade de vida e uma vida mais feliz. De olho na prevenção e buscando mecanismos que estimulem a prática de atos mais saudáveis dentro de um estilo de vida moderno, a Associação do Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan) instituiu um programa permanente de ações para orientar e estimular seus colaboradores, associados e condôminos. Dentro dessa proposta, nesta terça-feira (28), no mini auditório da entidade, foi realizada uma palestra com a psicóloga clínica, Thays Rodrigues com o tema ‘Menos excesso, mais felicidade = Saúde Mental’.

A psicóloga lembrou que a preocupação, o estresse, a ansiedade, a vida corrida, os medos, entre outros fatores, interferem no cotidiano das pessoas e não raro comprometem sua saúde mental. “O estilo de vida moderno contribuiu para a produção de doenças emocionais, pois vivemos numa sociedade onde há excesso de informações, atividades, trabalho, preocupações, cobranças e até o uso exagerado de celulares e computadores e isso tudo acaba interferindo na nossa saúde mental”, destacou a psicóloga.

Durante sua palestra, Thays Rodrigues, explicou ainda a diferença de estresse normal para estresse patológico, de ansiedade para ansiedade patológica, de tristeza para tristeza patológica e mostrou indicativos de uma vida mais feliz. “Não há fórmulas pré-concebidas na busca da felicidade. Ela é uma habilidade que pode e deve ser desenvolvida e que nos impulsiona a termos capacidade de nos adaptarmos ao estresse, aos traumas ou perdas de forma saudável”, disse a psicóloga, ao mostrar um slide do IV Congresso Internacional da Felicidade, onde o foco era a questão da resiliência.

A gerente administrativa da Asplan, Kiony Vieira, uma das participantes da palestra, avaliou a atividade como muito positiva e esclarecedora. “Depois de assistirmos uma palestra como essa, a gente passa a refletir melhor sobre nossas posturas e atitudes diante da vida, das cobranças cotidianos que a gente enfrenta e de como nos comportamos diante dos desafios e percebemos que a vida nos permite escolher entre rir e chorar, entre ir e ficar, entre ser feliz e infeliz, entre buscar melhorar ou permanecer como se está ou até regredir. A escolha passa por cada um”, destacou Kiony, enfatizando essa afirmação com uma das frases expostas em um dos slides da palestra de hoje: ‘Para mentes diferentes, o mesmo mundo é um inferno ou um paraíso’.