Confraternização da Asplan reúne associados, familiares, parceiros e convidados

Confraternizacao 2012

Confraternizacao 2012

Cerca de 300 pessoas, entre elas, fornecedores associados, parceiros, familiares e funcionários da Asplan, tanto os que trabalham no prédio sede da entidade, em João pessoa, até os que atuam na Estação Experimental de Camaratuba e como fiscais nas usinas, além de toda a diretoria da entidade, participaram na noite da última sexta-feira (21), da confraternização natalina da  Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan). Realizada no hall social da sede da entidade, a comemoração só terminou na madrugada do sábado (22), com os convidados se divertindo e dançando ao som de Jebson e banda e degustando as delícias do buffet Sonho Doce.

A confraternização foi iniciada com o sorteio de brindes. Tradicionalmente direcionada apenas aos funcionários e a integrantes da diretoria, a dinâmica do sorteio deste ano foi modificada para contemplar todos os convidados. Em mesas numeradas, cada componente da mesa pôde inserir seu nome num gorro de Papai Noel e concorrer. Entre os felizes contemplados da noite esatavm o fornecedor João Ribeiro Pedrosa, ganhador de uma TV Led, a fiscal Lais Ceres que levou para casa um microondas e a Dra. Vilma, dentista da associação, que foi sorteada com uma TV 40”. Os brindes foram doados por instituições e empresas parceiras da Asplan, além da própria entidade. TVs, microondas, sanduicheiras e cafeteiras elétricas, DVDs, ventiladores,  kits com produtos diversos, entre outros itens compuseram os sorteios. A entrega dos mimos foi realizada pelos funcionários Whashigton, Vilma e a gerente administrativa, Kiony Vieira.

Em seguida, foram lidas mensagens para os funcionários, para a diretoria e de final de ano. O presidente da Asplan, Murilo Paraíso, iniciou os discursos agradecendo a presença de todos, falando da importância daquele momento de congraçamento e desejando um Feliz Natal aos presentes. “Quero agradecer a todos vocês pela presença e dizer que esse ano foi bastante sofrido por causa da seca, mas se Deus quiser a seca que atingiu o Nordeste e, especialmente, a Paraíba não irá se repetir em 2013”, disse Murilo. José Inácio, diretor da Asplan, falou da superação dos produtores diante das adversidades da estiagem reforçando a importância de se ter força e fé para superar os desafios. “Com fé em Deus a gente consegue seguir em frente e superar as dificuldades”, disse. Oscar Gouvêa, também diretor da Asplan, lembrou que o produtor é antes de tudo um forte e reforçou o discurso de seus antecessores. “Podem ter a certeza que a gente vai conseguir vencer as dificuldades. Essa festa é uma demonstração da força desta categoria tão importante para a Paraíba”, afirmou.

Depois dos discursos, a diretoria da entidade, de forma inédita este ano, premiou o funcionário que mais se destacou ao longo de 2012 com uma TV e um diploma. O escolhido, por sua dedicação, competência, assiduidade e compromisso, foi o serviços gerais, Eudes Taveira, que bastante emocionado, agradeceu a homenagem. “Não tenho palavras para falar o que estou sentindo, só quero agradecer a Deus por me dar saúde e disposição todos os dias”, disse Eudes, ao lado da esposa e familiares. Naquela mesma data, Eudes e a esposa comemoravam aniversário de casamento, e para homenageá-los foi tocada a música de Roberto Carlos “Como é grande o meu amor por você’. Os diretores da Asplan também foram homenageados pelos funcionários com a entrega de uma placa.

Encerrando a solenidade, o engenheiro agrônomo e produtor,  José Soares de Melo, mais conhecido como Berg, fez um desabafo enaltecendo a fortaleza do homem nordestino e o excelente trabalho da Asplan na Paraíba. “Fui diretor de várias entidades e nunca encontrei uma entidade de classe que e desenvolvesse um trabalho similar ao da Asplan, vocês estão de parabéns”, disse ele, destacando a coragem e garra do produtor nordestino. “ A gente não baixa a cabeça. No Sul, qualquer calamidade, o governo já manda ajuda, e nós nordestinos estamos passando por uma seca terrível, estamos sofrendo, não recebemos ajuda suficiente, mas vamos nos recuperar, pois o Nordeste é um mundo diferente que não precisa de esmolas, mas de políticos que defendam essa terra com mais afinco e amor”, afirmou Berg, sendo bastante aplaudido.