Congresso aprecia vetos presidenciais que prejudicam os canavieiros nesta terça-feira

senado2013

senado2013Acaba, nesta terça-feira (20), o prazo para o Congresso Nacional votar os 127 vetos presidenciais, dentre eles, os que prejudicam os canavieiros nordestinos no Projeto de Lei (PL) que trata sobre a liquidação de débitos dos produtores brasileiros. As matérias, colocadas em pauta pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), serão apreciadas pelos senadores e deputados, durante uma sessão conjunta, a ser realizada no Plenário da Câmara, a partir das 19 horas.

Segundo o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Murilo Paraíso, o plantador de cana-de-açúcar é um dos principais prejudicados com os 85 vetos da presidenta Dilma Rousseff ao projeto da negociação da dívida.  “Pelo menos dez, dos 85 pontos vetados pelo Governo, prejudicam fortemente o setor. Dentre eles, o veto ao artigo 8º, que impede o produtor de aderir ao parcelamento de  suas dívidas até o final de 2014 e o que promove a exclusão dos produtores inscritos em Dívida Ativa da União nesse processo de renegociação dos débitos”, informou Murilo Paraíso.

A expectativa do setor canavieiro da Paraíba, de acordo com o presidente da Asplan, é de que os parlamentares de todas as regiões do país se sensibilizem sobre a importância da matéria e votem a favor da derrubada dos vetos presidenciais que inviabilizam a sobrevivência da cultura canavieira no Nordeste.

Votação – Essa é a primeira sessão de votação a ser realizada de acordo com a resolução aprovada em 11 de julho, que estabelece um prazo de 30 dias para decisão sobre os vetos presidenciais.