Dirigentes da Asplan participam de lançamento do Plano Safra 2016/2017

asplan destaque

asplan destaqueO lançamento do Plano Agricultura e Pecuário 2016/2017, realizado na sede da Gerência Regional de Gestão de Pessoas da Superintendência do Banco do Brasil na Paraíba, teve atento acompanhamento de dirigentes da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan). O vice-presidente da Asplan, Raimundo Nonato e o diretor tesoureiro da entidade, Oscar Gouvêa, acompanharam as explanações dos dirigentes do BB para, posteriormente, repassar as informações para os associados da entidade, que representa 1.800 produtores de cana-de-açúcar no Estado, entre pequenos, médios e grandes plantadores.

Na ocasião, os dirigentes do Banco que responde por 60% do valor do crédito disponibilizado ao agronegócio no país, anunciaram que tem R$ 101 bilhões para a referida safra. Somente para produtores e cooperativas serão destinados  R$ 91 bilhões. Os R$ 10 bilhões restantes serão destinados a empresas da cadeia do agronegócio para investimentos em custeio e comercialização. Os 40% restante do valor do crédito a ser disponibilizado no Plano Agricultura e Pecuário 2016/2017 caberá a outras instituições financeiras.

“O volume de recursos é muito bom, mas é preciso desburocratizar o acesso ao crédito para que o pequeno produtor possa usufruir deste dinheiro que o governo está disponibilizando”, disse o vice-presidente da Asplan durante sua fala. Nonato lembrou ainda que a Asplan tem um departamento técnico que é responsável pela realização de projetos que pleiteiam recursos de instituições financeiras para custeio e investimento. “Para essa safra, elaboramos 64 projetos, que ultrapassam R$ 15 milhões, sendo o Bando do Brasil a instituição que mais recebeu propostas, com um total de 30 projetos, sendo 28 para custeio e dois para investimento”, lembrou Nonato.

Na ocasião, os representantes do BB lembraram que o banco, nos últimos anos, emprestou abaixo do que esperava na Paraíba e que o foco agora é aumentar sua carteira de clientes na atual safra, com atendimento direcionado nas mais de 110 agências espalhadas pelo estado. Eles também informaram que quem estiver em dia com o Cadastro Ambiental Rural (CAR) terá prioridade para pegar crédito para Plano Safra.