NORCANA chega ao seu fim tendo cumprido o seu papel de repassar informações importantes ao setor canavieiro

norcana03

norcana03A terceira edição da NORCANA, feira promovida pela Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP), chegou ao seu fim nesta quinta-feira (18), em Recife. A diretoria da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan) prestigiou todo o evento, que teve seu início na terça-feira (16). Para o presidente da entidade, Murilo Paraíso, a feira e as palestras promovidas pela AFCP geraram uma ótima oportunidade de negócios e divulgação de novos panoramas econômicos do setor com a participação de pesquisadores de renome. O vice-presidente da Asplan, Pedro Jorge e o diretor, José Inácio de Moraes também participaram do evento no dia da abertura.

“Ficamos satisfeitíssimos com a nossa participação na NORCANA. Foi muito bom assistir às apresentações, por exemplo, do Dr. Marcos Fava Neves, professor da USP, que nos falou sobre um cenário difícil para o setor no próximo ano em função da crise da Petrobras e da falta de políticas públicas de incentivo ao consumo e fabricação do álcool”, disse o dirigente, citando outros momentos também. “O corte mecanizado também é uma preocupação do setor e a organização do evento está de parabéns por ter incluído esse tema na NORCANA”, comentou.

No último dia da NORCANA, o público assistiu a diversas palestras sobre corte mecanizado. A primeira delas foi a palestra do Dr. César Cândido, gerente de Motomecanização da Usina Trapiche sobre “Mecanização de Encosta com o trator TK”, que aconteceu às 14h. Em seguida, às 15h, apresentou-se Marcos Ferreira, da Usina Olho D’Água, com a palestra “Corte de Cana Mecanizado”. Para encerrar a programação, o público ainda assistiu à palestra de Shirlan de França Medeiros, do Grupo Carlos Lyra, sobre “Eucaliptocultura: uma alternativa econômica para a Zona da Mata”. O evento chegou ao fim já à noite, com uma confraternização entre os participantes durante um coquetel.