Produtores canavieiros se reúnem e chegam ao consenso para indicação do nome de Hermano Neto para a Asplan-RN

O nome do fornecedor de cana potiguar, Hermano Neto, foi consenso numa reunião realizada nesta terça-feira (19), em Natal (RN), como a melhor indicação para presidir a Associação dos Plantadores de Cana do Rio Grande do Norte. Essa indicação tem o aval dos produtores rio grandenses, além do presidente da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), Alexandre Lima e do presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida) e da Associação de Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), José Inácio de Morais que também participaram da reunião.

“A Associação do Rio Grande do Norte precisa de um presidente com o perfil de Hermano Neto para retomar o caminho do crescimento e desenvolvimento da cultura canavieira no estado e sobretudo para fortalecer a Asplan-RN, uma entidade que já teve seu apogeu, passou por períodos de dificuldade e que ressurgirá ainda mais forte”, destacou José Inácio, reconhecido na categoria como um grande líder canavieiro, além de produtor de sucesso.

O presidente da Feplana, Alexandre Lima, reforçou os argumentos de José Inácio, lembrando que o setor sucroenergético passa por um momento de grandes mudanças, principalmente, no tocante ao Renovabio e ao reconhecimento mundial da importância da atividade. “Dentro deste contexto de mudanças e reconhecimento da importância do setor, na atual conjuntura é fundamental recolocar a Associação do Rio Grande do Norte num lugar de destaque e isso será facilitado com Hermano Neto na presidência da entidade”, reiterou Alexandre, lembrando que o edital para convocação da Assembléia da Asplan-RN ainda será publicado, mas, a categoria avalia que o nome de Hermano será consenso.

 

Sobre ranking de produção no NE

Segundo a CONAB, o RN é o quarto maior produtor de cana-de-açúcar do Nordeste, ficando atrás de Alagoas – AL, Pernambuco – PE e Paraíba – PB, respectivamente, primeiro, segundo e terceiro maiores produtores da região.