Produtores de cana da Paraíba participam de encontro em Alagoas e conhecem projetos de irrigação eficazes contra a seca

encontro produtores cana nordeste

encontro produtores cana nordesteRepresentantes da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan) participaram, essa semana, do 1º Encontro dos Produtores de Cana do Nordeste, promovido pela Associação dos Plantadores de Cana de Alagoas (Asplana). Durante o evento, temas como sistemas de irrigação mais eficientes para a produção de cana e o uso racional da água foram debatidos por produtores de diversos estados do Nordeste. Para o presidente da Asplan, Murilo Paraíso, que esteve presente no evento acompanhado do vice-presidente da entidade, Pedro Jorge Coutinho; do diretor tesoureiro, Oscar Gouvêa, e do engenheiro agrônomo, Luís Augusto de Lima, e com outros produtores paraibanos, as palestras foram muito bem executadas, ficando o destaque para a visita, ocorrida na quarta-feira (24), à Usina Coruripe, em Alagoas (AL).

Segundo Murilo Paraíso, os produtores de cana se impressionaram com a estrutura do projeto de drenagem e irrigação desenvolvido da unidade industrial Coruripe. Murilo afirmou que o projeto exibiu uma solução para o problema da seca que sempre atinge a região nordestina. “Eles investiram R$ 22 milhões de recursos próprios nesse projeto e deu certo. Eles não sofreram tanto com a estiagem que hoje abala toda a região porque tiveram água quando precisaram”, disse o dirigente da Asplan, ressaltando que este também deve ser o caminho dos que não querem sofrer com as instabilidades climáticas. “Eles conseguiram mostrar que o problema tem solução. Irrigação é fundamental para os agricultores nordestinos e para a manutenção do setor canavieiro”, continuou Murilo.

No dia 23, os produtores de cana participaram de uma programação voltada para as palestras. A abertura do evento foi feita pelo presidente da Asplana, Lourenço Lins Ferreira Lopes. A primeira delas foi a Utilização do sistema de irrigação ala móvel na Usina Paisa, tendo com expositor o agrônomo Rômulo Patriota Cota (gerente da Paisa); o  Sistema de irrigação ala móvel na pequena produção na Usina Pindorama – Fazenda Konrad, foi apresentado em seguida por José Bartolomeu Higino de Carvalho, agrônomo e consultor da Asplana, e, por fim, aconteceu a exposição sobre o Custo de implantação e manutenção do sistema de irrigação ala móvel, com o agrônomo Jackson Gama Oliveira, da empresa Raesa.