Produtores recebem com apreensão notícia do aumento das taxas de juros para as linhas de crédito

murilo foco

murilo focoDepois que a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, admitiu que a taxa de juros para as linhas de crédito agrícola irá sofrer mudanças, nova apreensão recaiu sobre o setor produtivo. A expectativa é de que as novas tabelas de valores saiam ainda essa semana, mas, independente dos índices, essa não é uma notícia que agrada ao setor , especialmente, ao produtor canavieiro que já sofre com a defasagem do preço da cana e com os aumentos de todos os insumos que integram a cadeia produtiva.

Segundo declarações da ministra, nas linhas para investimentos – que incluem, por exemplo, a compra de máquinas – já houve mudança. Desta vez, a alteração englobará  o crédito para pré-custeio e custeio antecipado, usado na compra de insumos para a próxima safra. “Depois de anos de juros reduzidos e na atual conjuntura, essa notícia nos deixou ainda mais apreensivos, porque alta de juros não é bom para nenhum setor porque onera ainda mais os custos”, destaca o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Murilo Paraíso, lembrando que, independente, das taxas, o produtor sabe que essa não é uma boa notícia e que precisará otimizar ainda mais sua produção.