Projeto Caminhos da Cana II será realizado em João Pessoa no dia 27 de outubro

markestrate

markestrateIdealizado pela Markestrat, o projeto será realizado em 24 cidades brasileiras produtoras de cana-de-açúcar, entre as quais, a capital paraibana

O setor sucroenergético nacional, segundo pesquisa da Markestrat, apresentou, na safra 2013/14, um PIB estimado em US$ 107,22 bi, gerou 613 mil empregos diretos e arrecadou US$ 8,52 bi em impostos agregados. Esses e outros dados sobre o agronegócio estão sendo abordados pelo professor Dr. Marcos Fava Neves, da Universidade de São Paulo, durante o evento ‘Caminhos da Cana II’, que acontece em várias regiões produtoras de cana-de-açúcar no país. A palestra que será realizada em João Pessoa está marcada para o dia 27 de outubro e acontece no auditório da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), a partir das 9h. O evento na Paraíba também tem o apoio da Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP).

Além da palestra do professor Dr. Marcos Fava Neves, sobre tendências do mercado e do setor, será realizada uma pesquisa, coordenada pela Universidade de São Paulo, com apoio da Fundação de Apoio a Pesquisa do Estado de São Paulo – Fapesp, com os produtores de cana, com o objetivo de  identificar as demandas do setor e, a partir daí, ter subsídios para elaboração de estratégias e políticas que promovam melhorias para o setor. Ainda durante o evento haverá a distribuição do livro ‘Caminhos da Cana’, de Marcos Fava Neves.

O presidente da Asplan, Murilo Paraíso, explica que o Caminhos da Cana será uma ótima oportunidade de ampliação de conhecimentos sobre a cadeia sucroenergética nacional. “O professor Marcos Fava é uma assumidade em termos de conhecimento sobre o setor e vai nos trazer um panorama geral sobre o que estamos vivendo e quais são as perspectivas e tendências”, afirma Murilo.

O evento Caminhos da Cana II é uma realização da Markestrat, sob a coordenação do professor Dr. Marcos  Fava Neves, com apoio da Orplana, Única, Ceise-BR, Fapesp, CASE-IH, Bayer e das associações de produtores de cana, a exemplo da Asplan e AFCP.

O coordenador do Departamento Técnico da Asplan (DETEC), Vamberto de Freitas Rocha, lembra que o evento faz parte do ciclo de palestras técnicas organizadas pelo DETEC e realizadas, periodicamente, para ampliar os conhecimentos dos produtores associados. O evento é gratuito e aberto ao público interessado, com prioridade para os associados da entidade.